Me and My Big Ideas

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012


E já estava "tudo acertado" para meu pai vender a casa por R$ 300.000,00 , separar da minha mãe e ir morar em Recife. Ela receberia R$ 150.000,00 para comprar uma casa nova e viver em paz.
Mas eu e minha boca grande resolvemos estragar tudo sem querer...


Os vizinhos da rua já haviam comentado com minha mãe que meu pai tinha vendido a casa por R$ 500.000,00 e não por R$ 300.000,00 como ele havia dito. Aí outro vizinho, "Seu Coriolano", resolveu aparecer aqui em casa ontem pela manhã e falar com minha mãe: "Vendeu a casa por R$ 500.000,00! Que boa venda!" (Ou algo parecido que minha mãe falou...). De noite resolvi comentar com meu pai e disse "Seu Coriolano veio aqui e falou que o senhor vendeu a casa por R$ 500.000,00".
Aí o homem surtou!! Disse que estavam desconfiando dele, que todo mundo queria vê-lo morto no chão! Mas que ele não iria morrer ali, mas muito longe! E que não ia mais vender a casa e ir embora com a escritura.
Pronto. Cabou-se...


Hoje pela manhã foi outro drama... Disse que tem rachaduras "de um dedo" no muro do quintal por causa da construção de um shopping no quarterão. "O muro vai cair e vocês que vão ter que cuidar, porque já paguei as contas desse mês e não vou estar mais aqui no mês que vem! Vocês querem me ver morto!!". E começou a chorar...


Minhas sobrinhas chegaram de Caicó, RN, e foram falar com ele. Eis que Bianca, a mais velha, volta dizendo que ele "tá lá passando mal". Fui ver e tava chorando. Disse que tava desde as três horas da manhã sem dormir. E mais drama...
Ok. Vim trabalhar.
Agora as observações:


- Meu pai é o Rei do Drama. Se ele ia vender por 300 ou 500, não sei de verdade, mas eu não queria ver minha mãe posando de otária, com os vizinhos comentando que a casa foi vendida por 500, e ela receber só 150, sendo que ela tem direito a metade do valor.
- A cena de choro não acredito nem um pouco! Ele fez isso porque estava com "platéia" (minhas sobrinhas!).
- Disse que não ia vender mais porque não queria entrar em desavenças com "a praga" (nome que ele utiliza para mencionar minha mãe).
- Ele costuma dizer que minha mãe "tem DNA do pai dela, que é doido e tinha alucinações vendo a esposa dele (minha avó) numa moto com o amante". Pois bem, esse meu avô "doido" é o mais são da família, pois quando "chegou a hora certa", se mudou de mala e cuia para um asilo e vive lá até hoje, em paz com Deus e a família. Pense num doido inteligente! Quero ser assim quando for mais velho...
- Perguntei a minha mãe se eu agi certo em ter falado sobre os comentários dos vizinhos ou se deveria ter ficado calado. Ela disse que eu deveria ter ficado calado... :-(


É.
Estraguei tudo mesmo.


Mas o que foi que estraguei mesmo? Diz aí...


p.s.: Esses videos aí em baixo são os videos que estavam passando na MTV hoje pela manhã, antes da cena de choro... Vai ficar marcado na minha memória... Ou não...

0 comentários:

Sobre este blog

Assuntos diversos para qualquer tempo...
Chuva? Sol? Tempestade?
Whatever...

Seguidores

  © Blogger template Cumulus by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP